O site da Blog- Viva Sem Glúten utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

1. O que é Glúten?

R: O glúten é uma proteína composta por mais de 3.000 mil proteicos em especial a gliadina e glutenina, que se encontra no embrião de alguns grãos como: trigo, cereais, centeios, malte, cevada, espelta, kamut, triticale.

2. De onde vem o glúten?

R. Após à descoberta da agricultura a humanidade precisava que o plantio do trigo suportasse mais as devastações, que os alimentos produzidos durassem mais, então a indústria contratou o engenheiro agrônomo norte americano Dr. Normam Borlaug para criar um método. Esse Doutor criou uma proteína em laboratório conhecida como “glúten” e inseriu nas sementes do trigo, cereais, centeios, malte, cevada, espelta, kamut, triticale.

3. Para que serve o glúten?

R. O glúten é como se fosse uma goma de cola, que tem a função de dar elasticidade na massa, auxiliar a função do fermento, e ainda ajuda na durabilidade do alimento.

4. Existe trigo sem glúten?

R. Infelizmente não existe mais trigo sem glúten.

5. Há ideia de se criar algum trigo sem glúten?

R. Na Europa se tem a ideia de se criar uma semente transgênica que não tenha o glúten na semente. Porém na Europa é proibido plantar sementes transgênicas, precisa-se de um país que aceite plantar essa semente.

6. O organismo da pessoa aceita o glúten?

R. Como o glúten é uma proteína criada em laboratório, o organismo das pessoas ainda não esta acostumado com a ingestão das proteínas do glúten. Acredita-se que se levará mais de 10 mil anos para que a humanidade se adapte totalmente com o glúten. Mas há pessoas que geneticamente tem mais dificuldade de digerir o glúten. Essas tem doença celíaca ou sensibilidade ao glúten.

7. Todos deveriam deixar de comer glúten?

R. Acredito que o radical não é saudável. Porém como o glúten não é tão bom como se pensa, a pessoa que não tem problema com o glúten deveria diminuir o seu consumo, por exemplo: invés de comer aveia, pão, massa, cereal todos os dias, poderia comer 3 ou 2 vezes por semana, assim diminuiria alguma probabilidade de ter problema relacionado com o glúten.

8. Existe glúten só na comida?

R. Não. Existe glúten em produtos de limpeza, beleza e higiene.

9. Porque nos rótulos de alimentos vem contém glúten e nos outros produtos não vem?

R. No Brasil é obrigatório conter nos rótulos de alimentos as inscrições: contém glúten, não contém glúten, pode conter traços de trigo, soja e outros. Já nos demais produtos não há obrigatoriedade, talvez porque não se sabe que para quem tem a doença celíaca essas inscrições nos demais produtos salvaria vidas.

10. No Brasil há alguma associação que serve de apoio aos pacientes celíacos?

R. Sim. Acelbra – associação dos celíacos do Brasil. Tem a nacional, estadual, e pode ter municipal e regional.

11. Qual o médico que pode ajudar a descobrir a doença celíaca?

R. Se for um adulto o ideal é um gastroenterologista, e se for uma criança um pediatra junto com um gastroenterologista pediatra.

12. O que devo falar para o médico?

R. Contar o histórico médico de um parente próximo –pai, mãe, irmão-, contar todos os seus sintomas, o que você costuma comer, como é o seu dia a dia.

13. Quais perguntas devo fazer para o médico quando desconfio que tenho doença celíaca?

R. Pergunte se ele conhece a doença celíaca, diga se você tem alguém na sua família que tem a doença celíaca, conte se você tem algum sintoma quando consome pão, explique o sintoma, caso você já tenha algum problema de saúde, pergunte se esse problema tem relação com a doença celíaca, e peça todos os exames possíveis para descobrir a doença celíaca. Faça o mesmo com seu (a) filho (a).

14. Quais exames devo fazer para descobrir a doença celíaca?

R. Exame de sangue de anti-gliadina, anti-endomísio, anti-transglutaminase tecidual, genético, endoscopia até o duodeno com biópsia. A endoscopia até o duodeno com biópsia é muito importante para a confirmação. É necessário fazer mais de um exame e o paciente deve estar consumindo glúten normalmente.

15. O que é doença celíaca?

R. É um transtorno autoimune do revestimento do intestino delgado que ocorre em pessoas geneticamente predispostas a doença celíaca de todas as idades, podendo ter início na infância.

16. O que causa a doença celíaca?

R. A doença celíaca é causada por uma reação à alguma das proteínas contidas no glúten que modifica o sistema imunológico reagindo no intestino delgado, atrofiando as vilosidades intestinais que são responsáveis pela absorção de nutrientes, resultando em uma má absorção intestinal e provocando inúmeras doenças, até mesmo doenças ligadas ao sistema neurológico.

17. A doença celíaca acontece em que idade?

R. A doença celíaca pode aparecer em qualquer idade, as vezes desencadeia na infância e as vezes na faze adulta. Quando adulta geralmente esta interligada ao um fator de estresse.

18. Quando se descobre a doença celíaca as outras pessoas da família devem fazer os exames também?

R. Sim. Os exames devem ser feitos pelos pais e irmão.

19. A doença celíaca pode ser desencadeada por meio de uma doença?

R. Sim, por exemplo: diabete tipo 1, labirinte, endometriose, anemia, intestino preso, diarreia e outras.

20. A Doença celíaca sempre manifesta sintoma?

R. Não, há doença celíaca que não apresenta sintoma.

21. Quais são os tipos de doença celíaca?

R. Doença celíaca clássica: é aquela que apresenta sintomas característicos da doença celíaca como: palidez, diarreia crônica com odor insuportável, gases com mau cheiro, abdome distendido, cólica abdominal, fraqueza, má nutrição, febre baixa, déficit de crescimento, anemia não curável, falta de apetite, emagrecimento rápido, pernas e braços finos, entre outros.

Doença celíaca atípica: apresenta apenas um sintoma ou sintomas que não estão relacionados com a doença celíaca. Os sintomas podem ser por exemplo cavidades pulmonares que põem a vida em risco, dores de cabeça insuportáveis que nunca passam, casos graves de artrite reumatoide, irritabilidade, fadiga, baixo ganho de peso, mancha e alteração no esmalte dental, entre outros.

Doença celíaca silenciosa ou assintomática: não apresenta sintomas, é clinicamente silenciosa, a busca frenética pelos sintomas deixará passar qualquer caso de doença celíaca silenciosa. No entanto, não se deve esquecer que a maioria das pessoas com doença celíaca não apresentam sintomas, vindo a descobrir sem querer por meio de uma biopsia intestinal que busca encontrar alguma bactéria no organismo, a descoberta é realizada porque o intestino já esta com o processo de inflamação.

 22. Quanto tempo leva para o intestino se recuperar após o início da dieta sem glúten?

R. Depende de cada caso, depende se há contaminação cruzada com o glúten. Caso não haja contaminação a recuperação começa imediatamente, mas o tempo total para o restabelecimento leva meses podendo chegar até 2 anos.

23. A doença celíaca pode ter relação com a intolerância a lactose?

R. Sim. Geralmente que tem a doença celíaca também tem intolerância a lactose

24. Quem descobre que tem a doença celíaca, mas não intolerância a lactose pode beber leite e derivados a vontade?

R. Quando se descobre a doença celíaca geralmente o intestino delgado encontra-se inflamado, nesse caso não é adequado ter qualquer consumo de lactose e derivados, pois o intestino não esta apto a receber esse tipo de alimento.

25. A doença celíaca tem relação com outras doenças?

R. De acordo com pesquisas a doença celíaca tem relação com média de 300 doenças. Exemplo: anemia, osteoporose, mal de parkinson, Alzheimer, diabete tipo 1, labirintite, doença do crohn, intestino irritável, ataxia, infertilidade, câncer de peritônio, entre outros.

26. Existe algum remédio que trate a doença celíaca?

R. Não existe nenhum remédio.

27. A doença celíaca tem cura?

R. Não.

28. Quem tem a doença celíaca precisa de acompanhamento médico regularmente? Quais?

R. Sim. Gastroenterologista, nutricionista funcional que entenda sobre a doença celíaca, e as vezes dependendo de algum outro problema de saúde ir no médico especialista naquela doença.

29. Preciso fazer os exames regulamente para saber se a dieta sem glúten esta tendo resultados

R. Sim, de preferência uma vez por ano, e que seja a endoscopia até o duodeno e com biópsia.

30. Meu corpo voltará a receber nutrientes normalmente?

R. Se a dieta sem glúten for feita corretamente e seu intestino se recuperar, seu corpo passa a absorver os nutrientes normalmente. Crianças volta a se desenvolver.

31. É necessário tomar suplemento vitamínico?

R. Sim, é sempre necessário que seu corpo receba auxilio de vitaminas, principalmente se for criança. A vitamina deve ser tomada por muitos anos.

32. O sistema imunológico e as bactérias do organismo do paciente celíaco são iguais aos das demais pessoas?

R. Não. Por isso é necessário que a alimentação do paciente celíaco seja realizada com muita fruta, legumes, verdura, lactobacilos, suplementos de vitaminas.

33. Quem tem a doença celíaca pode colocar água sanitária para limpar as verduras e legumes?

R. Não. Em razão do paciente celíaco ter pouca bactéria no corpo se utilizar água sanitária matéria mais bactéria do corpo.

34. Que tipo de água é a melhor para o paciente celíaco?

R. Água de poço artesiano, poço de filtro de barro, água que tenha ph 7.0 ou mais próximo de 7.0. Devido à pouca quantidade de cloro na água.

35. Que tipo de bebida o paciente celíaco pode beber?

R. Atualmente para beber qualquer coisa tem que ler rótulo, pois até leite pode conter glúten.

36. Qual bebida alcoólica posso beber?

R. Vinho (feito da uva), aguardente de cana (como o nome diz: é feito de cana de açúcar), rum (destilação do melaço), vermute e conhaque (derivados do vinho) e quentão (feito com aguardente, gengibre, cravo da Índia e canela), cerveja sem glúten, caipirinha feita de aguardente de cana, batida de aguardente de cana. Lembre-se leia atentamente o rótulo.

Atualmente o uísque, o gim e a vodka sofrem destilação várias vezes, o que teoricamente elimina o glúten. Leia o rótulo do produto para ver se contém a menção (não) contém glúten.

 37. Qual o limite aceitável de traços de trigo para o celíaco?

R. Atualmente é 10ppm po Kg de glúten.

38. O trigo sarraceno é seguro?

R. O trigo sarraceno não é de fato trigo, nem tão pouco um cereal. É 100% seguro para os celíacos, apesar do infeliz nome que tem.

39. A paciente celíaca pode amamentar?

R. Sim, não há problema nenhum.

40. A amamentação tem alguma influência no aparecimento da doença?

R. Não. A amamentação é um fator de proteção à criança, porém não impede que a criança não tenha a doença celíaca.

 41. Um celíaco pode ter uma vida igual às das outras pessoas?

R. Sim, desde que faça a dieta corretamente não haverá limites físicos e nem mentais.

 42. Um celíaco tem vida sexual normal?

R. Sim, desde que haja uma dieta sem glúten correta, caso contrario haverá quadros de baixa fertilidade, impotência, irregularidade nos períodos menstruais.

 43. O paciente celíaco pode comer pão de queijo?

R. Sim, mas tem que saber a sua procedência, caso seja feito em padaria ou seja vendido com outros alimentos que tenha glúten, não pode ser consumido.

 44. O celíaco pode tomar café?

R. Não, alguns marcas misturam cevada para aumentar a quantidade na embalagem, se você não sabe qual é o café é melhor não tomar. Tome café que tenha o selo de pureza ABIC.

45. A criança celíaca pode brincar de massinha?

R. Tem que cuidar com o que a criança brinca na escola, a massinha de modelar, receitas caseiras de tintas, aulas de culinária podem expor a criança ao glúten. Converse com a professora e com a direção sobre a doença celíaca para que a criança tenha segurança na escola.

46. As pessoas celíacas podem praticar esporte?

R. Sim, mas devem chegar a densidade óssea para verificar se há algum problema, bem como verificar qual atividade física para que seja realizada um bom aquecimento e alongamento.

47. A doença celíaca é contagiosa? 

R. Não, a doença celíaca é hereditária.

48. O que é a classificação de Marsh?

R. É uma classificação histológica do estado da mucosa intestinal no que se refere à doença celíaca. Refere-se ao grau da atrofia e a presença de células inflamatórias. Mesmo no grau mais avançado 3. 3c pode haver melhora total do intestino se houver uma dieta sem glúten correta.

49. Qual a relação da doença celíaca com a dermatite herpetiforma?

R. A dermatite herpetiforme é uma irritação da pele como vermelhidão e formação de bolhas, ocorre geralmente nos joelhos e cotovelos, é um sintoma da doença celíaca. Ela melhora com a dieta sem glúten.

50. Após o início da dieta sem glúten quando devo fazer minha primeira biópsia duodenal?

R. Entre 2 a 3 anos. Pois a melhora da mucosa do intestino leva no mínimo 2 anos.

51. Meu filho vai à uma festa de um amigo como devo fazer?

R. Dê comida para ele em casa para ele não ir com fome, ou faça uma marmita om bolo, doce e salgado, ou converse com a responsável pela festa para saber se haverá alguma opção segura para ele. As crianças entendem melhor que os adultos e geralmente contam para a mãe sobre o amiguinho e a mãe busca uma alternativa para a criança celíaca.

52. Posso ter vida social?

R. Deve. Se for um lugar que haverá comida, coma em casa antes de ir, e vá para se divertir e beber com os amigos. Desfrute da companhia, não deixe de estar com as pessoas que você gosta. Com o tempo todos irão te entender e irão se adaptar a você.

53. Qual a relação da doença celíaca e da intolerância a lactose?

R. Existe uma enzima chamada lactase que é produzida nas células intestinais, e a lactose geralmente é quebrada pela ação dessa enzima. A doença celíaca causa um dano na célula intestinal prejudicando a absorção da lactose. Com a dieta sem glúten essa deficiência melhora e depois o leite poderá ser consumido.

54. Tenho sintomas da doença celíaca posso fazer a dieta sem glúten antes de fazer os exames?

R. Não. Se você desconfia que tem a doença celíaca procure um gastroenterologista e peça par fazer os exames, mas para fazer os exames você deve estar consumindo glúten normalmente.

55. Em viagens de avião como devo proceder?

R. Se for internacional quando você for comprar a passagem você deve informar que tem a doença celíaca, e ainda se tem outra restrição alimentar. Já em voos nacionais não tem como fazer.

56. O paciente celíaco é sempre magro?

Não, há pacientes celíacos acima do peso também.

57. O que acontece se eu desistir de fazer a dieta sem glúten?

R. Provavelmente viverá tendo diversas reações, muitas doenças irão se manifestar e não conseguirá ter uma vida normal.

58. Estou seguindo a dieta sem glúten há 2 anos, mas não vejo melhora. O que esta acontecendo?

R. Deve-se analisar se de fato a dieta sem glúten esta sendo seguida, não somente com a alimentação, mas também com produtos de beleza, higiene, ou ainda esta havendo muita contaminação cruzada. Depois deve-se analisar o diagnostico novamente fazendo a pesquisa do gene HLA-DQ2.

59. Porque no Brasil a doença celíaca é tão pouco conhecida?

R. A doença celíaca é muito antiga e foi descoberta na Europa, lá a informação é mais avançada entre as pessoas e médicos. No Brasil a doença celíaca ainda é nova pouco se sabe, até mesmo entre médicos. É uma doença que ainda se esta em estudo e em pouca evidência. Faz pouco tempo no Brasil que aumentou o consumo de trigo, cereais deixando a doença mais em evidência, porém a doença quando diagnostica é por meio de uma outra doença, ou seja, anemia, câncer, diabete, enxaqueca e outras mais.

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE